Brasil

Após um maravilhoso ano na ilha esmeralda, aterrissamos de volta ao Brasil.

 

Qual a sensação? Não sei definir, ansiedade, emoção e saudades!

Ver a família no desembarque do aeroporto não tem preço! Chegar em casa, comer a comida da mamãe é incrível! Se sentir importante, todo mundo querer te ver, te faz parecer um artista de cinema. Mas e depois que passa as duas primeiras semanas e você já não é mais novidade? Só resta as saudades e isso só o tempo para acalmar.

Como pode saudades de algo que mal deixamos para trás?

Agora é se adaptar de novo e não deixar as lembranças e tudo que aprendemos se apagar.

IMG_0801

 

Anúncios

Sumiço – Último mês

Estamos de voltaa!

 

Gente esses último dois meses foram bem corridos, por isso que acabamos deixando o blog de lado! Vou resumir, nós dois estávamos trabalhando bastante, pois nosso tempo na Irlanda está acabando e estávamos nos preparando para viajar por 1 mês. 

Eu cumpri meu aviso prévio no Subway o Felipe no restaurante fizemos nossas malas, deixamos nosso apê =( e colocamos o pé na estrada dia 02/06. Fizemos,Amsterdã, Bruxelas, Budapeste, Cracóvia, Milão, Atenas, Ilha de Milos, Verona, Veneza, Florença, Pisa, Lucca, Roma, Berlin e Londres. Voltamos para Cork semana passada e agora dia 19 voltaremos ao Brasil.

 

É uma mistura de sentimentos, saudades da família, amigos, comida, mas ao mesmo tempo a ilha esmeralda nos acolheu com tanto carinho que vamos deixar um pedacinho nosso aqui e levar um pouco dela com a gente!

Meus próximos posts vão ser sobre as viagens desses últimos meses, mas sobre a escola, trabalho, dicas vou continuar respondendo os e-mails.

 

Obrigada a todos por acompanhar nossa jordana!

 

Beijos a todos!

 

Saint Patrick’s Day

Olá galera!

Desculpem o nosso desaparecimento mas meus horários estão diferentes a cada dia, acabei não me programando para escrever e quando vi já tinha passado um mês!

Maaas vou falar hoje da festa maiss famosa da Irlanda, que aconteceu no dia 17/03 !

Já falei em outro post sobre o São Patricio e hoje vou falar só da festa!

Aqui em Cork a festa começou dia 15/03 no sábado, tinham várias barraquinhas de comida na rua e tinha até uma tenda distribuindo uma sopa natureba de graça !

Montaram um palco que no sábado e domingo teve alguns shows. Na segunda nós fomos para Dublin ver a famosa parada. Aqui em Cork tbm rolou uma parada em escala menor no dia 17.

Bom chegamos em Dublin umas 11 horas e as ruas já estavam lotadas, tivemos que ver a parada entre uma cabeça e outra, pois realmente estava tudo bem lotado, mas já esperávamos por isso. Depois fomos para o famoso Temple Bar que estava mais lotado ainda. Resolvemos dar uma volta por Dublin e ver o que mais estava rolando. As ruas todas cheias de cabeças verdes e bêbadas ;D

No fim comemos pizza hut e bebemos cerveja do mercado! Mas valeu a diversão! Vou colocar as fotos que valem mais do que palavras!

 

Abraços!!

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Cork alagada

Não é porque é Europa que aqui não alaga rsrs Nos dias 3 e 5 desse mês todo o centro ficou igual Veneza.

Claro que não são pelos mesmos problemas do Brasil, mas o centro de Cork fica no meio do rio Lee e choveu demais, o rio encheu e não teve jeito.

O que eu achei bacana é que a Garda passou em todo o centro nas lojas avisando sobre as enchentes, e no dia 05 que foi a pior eles entregaram sacos de areia e uns outros sacos pra por nas portas.

Não sei se tinha alguma coisa que o governo poderia fazer para evitar essas enchentes, mas o pessoal não reclamou muito e parece q não é tão comum assim.

Aqui vão alguns videos e fotos do que os Irlandeses fizeram nas enchentes lembrando que tava uns 2ºC rs

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Se virando em Cork – Diversão

Não é só porque Cork é uma cidade pequena que não tenha nada pra fazer.

Parque: Fitzgerald’s Park  e também tem o Cork Lough

Pubs: Bom, pub é o que não falta na Irlanda toda, mas aqui tem opções pra todos os gostos, têm os que tocam eletrônico, os que tem banda ou só uma voz e violão segue os que mais gostamos:

Bodega: até as 23h não paga pra entrar e tem um som ao vivo e mesas. A partir das 23 começa um Dj com os hits do momento.

An Bodhran: Voz e violão, é bem pequeno, mas ganhou nossa simpatia.

Oliver Plunket: Cada dia tem um programação com uma banda diferente, bastante mesas e um espaço bacana.

Crane Lane: Tem mais de um ambiente, um só com um Dj ou banda com uma pista e um com mesas, é sempre bem cheio, mas vale a pena conhecer.

Voodoo: é a balada mais “pop” de Cork, paga para entrar.

Fionnbarra: Tem um bacana beer garden, mas fecha cedo por ser em área residencial.

Boliche: tem duas opções o Mardyke, além de boliche tem ping pong, snooker e karaoke e o  LeisurePlex, que além do boliche também oferece snooker e um game tipo “Laser shot”.

Cinema: Aqui no centro temos o Gate Cinemas.

Esportes: Apesar do clima não ser o melhor para a prática de esportes, na Irlanda tem opções para a prática. Desde academias até arenas onde é possível praticar e assistir a jogos.

Hurling: É um jogo típico irlandês, lembra um pouco o hóquei. A princípio é meio confuso e um pouco doido, mas logo se entende as regras. É um dos esportes favoritos dos irlandeses.

Futebol Gaélico: É um outro esporte típico irlandês, junto com o Hurling é o mais popular. É uma mistura de futebol tradicional com futebol americano.

Mardaik Arena: O lugar oferece academia, campo e quadras, muro para escalar, pista de caminhada, etc.

Sobre a gastronomia de Cork eu falo em outro post 😉

Um beijoo e se divirtam onde for!

Trabalho !

Hoje vou falar de um assunto muito requisitado, trabalho no Irlanda!

Como já abordei aqui algumas vezes, as oportunidades são influenciadas por alguns fatores, o principal dele, o passaporte vermelho, mas como a maioria vem com o visto de estudante o fator mais importante nesse caso vai ser o o nível de inglês.

Comece com um bom CV, um bom CV aqui não é o mesmo que um bom no Brasil, pois se vc vai se aplicar para um trabalho de cleaner, waitress, kitchen porter, sale assistent, eles não estão interessados em saber que vc trabalhou de diretor no banco fodão do seu país. O que eu fiz foi colocar o lugar que eu trabalhei, mas na descrição colocar funções que se parecem com o trabalho que eu to aplicando.

Contatos, quantos mais colegas vc tiver maior sua chance de ter uma indicação e isso conta muito aqui, mais do que um bom CV.

Nível de inglês, se vc pretende trabalhar de Au pair ou kitchen porter eles não vão exigir muito do seu inglês, mas qualquer outro emprego isso vai ser um diferencial, não precisa focar na gramatica, contanto que consiga ter uma boa conversação.

Dizem que para mulheres é mais fácil de conseguir uma vaga, na minha opinião isso só influencia para emprego de Aupair.

Saia distribuindo CV por todas as lojas, entre pergunte se estão aceitando ‘staff”, peça para falar com o gerente, seja simpático e esteja sempre sorrindo ;). Não desanime! Eu cheguei a bater muita perna pra entregar CVs por ai!

Experiência pessoal:

Quando eu estava completando meu primeiro mês na Irlanda, me avisaram de uma vaga de um restaurante como waitress. Consegui a vaga, o que me ajudou muito para mudar de emprego 3 meses depois. Qualquer experiencia que tenha aqui, mesmo como voluntário conta muito .

Meu segundo emprego eu consegui entrando nas lojas e deixando meu CV. Hoje estou trabalhando (e muito) no Subway.

Então é isso não desanimem e procurem muito e avisem todos os conhecidos que vc está precisando de emprego. As vezes demora um pouco mais, mas todos meus amigos daqui tem um job ;).

Lembrando que esses são minhas impressões e experiencias aqui de Cork!

trabVenham com a cabeça aberta a qualquer oportunidade, se joguem e Boa Sorte!

 

 

 

Um Presente de Fim de Ano do Governo

A PRESIDENTA DA REPÚBLICA , (…),

DECRETA:

Art. 1º O Decreto nº 6.306, de 14 de dezembro de 2007, passa a vigorar com as seguintes alterações:

“Art. 15-A…………………………………………….

XXV – nas operações de câmbio liquidadas a partir de 28 de dezembro de 2013 destinadas ao cumprimento de obrigações de administradoras de cartão de uso internacional ou de bancos comerciais ou múltiplos na qualidade de emissores de cartão de crédito ou de débito decorrentes de saques no exterior efetuado por seus usuários: seis inteiros e trinta e oito centésimos por cento; e

XXVI – nas liquidações de operações de câmbio liquidadas a partir de 28 de dezembro de 2013 para aquisição de moeda estrangeira em cheques de viagens e para carregamento de cartão internacional pré-pago, destinadas a atender gastos pessoais em viagens internacionais: seis inteiros e trinta e oito centésimos por cento.

………………………………………………….” (NR)

Art. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

Brasília, 27 de dezembro de 2013; 192º da Independência e 125º da República.

DILMA ROUSSEFF

Guido Mantega

=======================================================

É isso aí galera, hoje a notícia não é tão boa para quem está vindo para Irlanda ou está pensando em fazer qualquer viagem para o exterior.

Para quem não viu a notícia nos jornais ou não entendeu o decreto acima, ontem a ilustríssima presidenta da república, a Senhora Dilma Roussef, decretou aumento na taxa de IOF de 0,38% para 6,38% para algumas modalidades de operações em moeda estrangeiras, incluindo o VTM.

Para quem não sabe, o VTM é era o método preferido pelos intercambistas para levar dinheiro ao exterior, por ser seguro, prático e recarregável (Mais informações sobre o VTM no post Real x Euro).

Enfim, o que isso significa… À partir de 28/12/2013, para carregar o seu VTM será cobrada uma taxa de 6,38%, que antes era de 0,38%. Se não bastasse o alto valor do Euro, ainda temos mais essa.

Só para vocês terem uma noção, eu fiz uma pesquisa rápida na internet e achei uma casa de câmbio que ainda não alterou o valor do IOF e uma outra que já alterou o valor do IOF. A diferença é de R$ 0,22. Claro que a cotação varia de uma casa de câmbio para outra, mas já da pra ter uma noção da bomba.

Nesse post eu foquei no VTM, pq é o meio mais comum entre intercambistas, mas não se limita a isso, tbm sofrerá com a nova taxa de IOF:

– Saques e pagamentos com cartões de crédito (*)
– Saques de conta corrente feitos no exterior
– Pagamentos com cartões bancários na função débito em conta corrente
– Carregamento de moeda em cartões pré-pagos (VTM, Cash Passport, etc)
– Compra de cheques de viagem (traveller checks)

(*) O cartão de crédito não sofreu alteração, pois desde 2007 é cobrado IOF de 6,38%.

A única modalidade que não foi afetada foi a compra de dinheiro em espécie, essa continua com o IOF de 0,38%, por enquanto…

Enfim, uma bela rabada de final de ano para quem pensa em sair do BraZiiil.

Queremos agradecer a todos que acompanharam nosso blog durante esse ano e desejamos desde já um ótimo e próspero ano novo!

Um abraço a todos!