Nem tudo são flores.

Quando a gente sai de casa em busca de novos ares sempre pensamos em tudo de bom que está pra acontecer! E de fato MUITA coisa boa vai acontecer.

Mas hoje num dia meio mau humorado resolvi mostrar um pouco das coisas que nos “desanimam” no dia a dia. Vou pular a parte do frio, pois eu já sabia que tava vindo para um país “gelado”, então sol ou chuva eu to me divertindo!

Vou começar pelo fato de que tudo fecha cedo, aqui os mercados ficam abertos até as 10 horas e bebida alcoólica até as 10h também (menos em pubs e restaurantes). Faz falta naquele role de última hora na casa de alguem ir comprar uns petiscos ou alguma coisa para beber.

O trabalho, aqui se vc não tem o passaporte vermelho ou o visto que não seja de estudante, vai se limitar aos subempregos. Nada contra, mas é cansativo, pois parece que eles “abusam” de vc pq sabe que vc precisa. As vezes não sabe quando vai ter folga e SE vai ter na semana, trabalhar nos piores horários possíveis entre outras coisinhas que desanimam (até vc receber o pagamento hahaha). Mas na verdade acho que essa é a parte mais importante do meu ano, pois aprendi a valorizar muito mais as pessoas a minha volta e o nosso literalmente SUADO dinheirinho!

De resto só alegria! haha Claro que a comidinha da mamãe também faz uma falta danada! haha

Um Abraçoooo!

Anúncios

Curiosidades de Cork

Hoje resolvi falar um pouco do que eu achei curioso ou diferente aqui na vida dos irlandeses.

Lembrando que cada país tem sua cultura, então como eles devem achar muita coisa que nós brasileiros fazemos de estranho, não vamos sair julgando os costumes deles, mas só pra compartilhar com vc essas diferenças culturais.

Aqui no centro, como muitos predio são antigos, quase não tem janela no banheiro, eles tem um exaustor que liga quando acende a luz.

Aqui as aranhas dominam! em todo lugar a gente pode ver uma teia, mas os irlandeses não parecem se importar com elas nem de limpar as teias.

O costume aqui é tomar banho 1 vez por semana. Isso não é lenda não, claro que não são todos, mas uma por porcentagem só vai aos chuveiros raramente!

Não tem tomadas nos banheiros! Até o interruptor fica do lado de fora.

Kettle, é um aparelho que o pessoal usa pra esquentar água, no Brasil até existe, mas custa um preço absurdo e aqui toda casa tem e da pra comprar uma por menos de 10 euros.

A taxa da Televisão. Aqui só por a gente possuir um aparelho de tv temos que pagar uma taxa anual de 180 euros.

O leite não é de caixinha como o nosso, na verdade não sei qual a diferença do leite, mas aqui ele fica refrigerado e vence em poucos dias.

Bom essas são só algumas coisas do dia-a-dia que eu consegui lembrar, desculpem a ausência do blog mas tava bem cansada do trabalho esses dias rsrs

Próximo post como ja tinha prometido, vou falar dos nossos gastos nesses 3 primeiros meses.

Um beijo! Até

St. Patrick’s !

Na semana passada foi comemorado o Dia de São Patrício, o padroeiro da Irlanda!

O dia 17 de março é considerado o St. Patrick’s Day, pois acredita-se que St. Patrick faleceu neste dia, por volta de 460. É comemorado principalmente em países de língua inglesa, porém alguns lugares aqui do Brasil,  Argentina e em diversos outros países também festejam esse dia.

No passado, o Dia de São Patrício era apenas uma celebração da Igreja. Tornou-se um feriado público no ano de 1903. St Patrick se tornou popular, pois era conhecedor das crenças e costumes da Irlanda e procurou incorporar os rituais tradicionais em seus ensinamentos cristãos, ao invés de tentar erradicá-los. Isso permitiu que os irlandeses aceitassem mais facilmente a doutrina cristã. Inicialmente, era uma festa religiosa que, aos poucos, tornou-se o fenômeno global que é hoje. Na Irlanda, até os anos 70, a lei exigia que os “pubs” fossem fechados no dia 17. Foi a partir de 1995 que o governo da Irlanda resolveu fazer uma campanha nacional para usar o dia de São Patrício para atrair turistas e movimentar a economia. A campanha foi um sucesso. No ano passado, estima-se que quase 1 milhão de pessoas participaram das festividades em Dublin. Hoje o festival dura uma semana de comemorações!

dublin1

Fonte Fonte2